Convite

Hoje é...

sábado, 27 de agosto de 2011

BRINCANDO COM O CORPO


 Projetos - Educação Infantil

O projeto "Brincando com o corpo" foi realizado em uma Escola Municipal, no ano de 2007, com uma turminha de Educação Infantil bem bacana. Foi sucesso garantido... imagine como a galerinha ficou feliz... Aprender brincando, hein? Que delícia! Não posso negar que também aproveitei bastante e entre com tudo na brincadeira.




“O brincar, por ser uma situação onde predomina o prazer sobre a tensão,
favorece o relaxamento e consequentemente a emergência de novas idéias,
a criatividade que combina conteúdos e dinâmicas conscientes e inconscientes”
Vera Barros de Oliveira (2000)

JUSTIFICATIVA

O movimento para a criança pequena significa muito mais do que mexer partes do corpo ou deslocar-se no espaço. A criança se expressa e se comunica por meio dos gestos e das mímicas faciais e interage utilizando fortemente o apoio do corpo. A dimensão corporal integra-se ao conjunto das atividades da criança. O ato motor faz-se presente em suas funções expressivas, instrumental ou de sustentação às posturas e aos gestos.
Ao brincar, jogar, imitar e criar ritmos e movimentos, as crianças também se apropriam do repertório da cultura corporal na qual estão inseridas.
A diferenciação de papéis se faz presente, sobretudo, no faz-de-conta, quando as crianças brincam como se fossem o papai, a mamãe, o filhinho, o médico, o paciente, heróis e vilões, etc, imitando e recriando personagens observados ou imaginados nas suas vivências. A fantasia e a imaginação são elementos fundamentais para que a criança aprenda mais sobre a relação entre as pessoas, o eu e os outros.
Segundo Piaget: “quando uma criança brinca assimila o mundo à sua maneira, sem compromisso com a realidade”. Compreendendo a importância para o desenvolvimento pleno da criança de três anos, propomos através deste projeto uma maior valorização da brincadeira como aspecto importante para o desenvolvimento psico, cognitivo e social. Buscando conhecer o próprio corpo em suas múltiplas dimensões (gesto, sentidos, sensações). Através de um trabalho sistematizado com movimento, aproveitando a ocorrência do mês de outubro, que se constitui mês significativo para a Educação Infantil.

OBJETIVOS

Gerais
- Promover momentos que estimulem a percepção de expressões faciais e corporais;
- Possibilitar situações nas quais as crianças aprimorem suas habilidades psicomotoras;
- Ampliar a noção de lateralidade, mediar o processo de ampliação relacionado ao gênero e diversidade social;
- Proporcionar experiências que envolvam a utilização dos sentidos.

Específicos:
- Explorar das possibilidades de gestos e ritmos corporais, como meios de expressão e comunicação;
- Deslocar-se com destreza progressiva no espaço físico, desenvolvendo atitude de confiança nas próprias capacidades motoras e sociais;
- Ampliar as possibilidades expressivas do próprio corpo dinâmico;
- Conhecer gradativamente os limites e potencialidades do próprio corpo;
- Apropriar-se progressivamente da imagem global de seu corpo, conhecendo e identificando seus segmentos e elementos e desenvolvendo cada vez mais uma atitude de interesse e cuidado com o próprio corpo;
- Adquirir uma imagem positiva de si, ampliando a autoconfiança, auto-estima, pondo em prática a autonomia.

ALGUMAS MÚSICAS E ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE O PROJETO

Para começar
Olá, olá, eu já cheguei
E dou um bom dia pra vocês. (BIS)
Bato palmas, 1-2-3,
E dou um bom dia pra vocês. (BIS)
Bato os pés, 1-2-3,
E dou um bom dia pra vocês. (BIS)
Dou um abraço, no meu vinho,zi
E dou um bom dia pra vocês. (BIS)
Dou um beijinho, bem meladinho,
E dou um bom dia pra vocês. (BIS)
Expressões faciais
Vamos fingir que estamos:
- Chupando limão. Então, façam cara de quem está sentindo gosto de azedo.
- Com muito sono. Façam cara de quem está com sono.
- Bravos. Façam cara de quem está bravo.
- Alegres. Façam cara de quem está muito alegre.

Quantos? Quantas? (Partes do corpo)
Quantos temos? (Vai tocando e falando) nariz, dedos, mãos, pés...
Os alunos deverão tocar na parte do corpo que a pró falar e dizer a quantidade.
Em seguida ouvir a música Toque o Dedo (Xuxa), expressando o que pede a letra da música.

Brincando de trenzinho
Enquanto os alunos cantam a música Trem de Ferro. Formar um “trenzinho” colocando as mãos nos ombros do colega. Conduzir o “trenzinho” de alunos devagar pela sala ou pelo pátio. O primeiro da fila é o maquinista. Mudar várias vezes as posições dos alunos na fila e perguntar: “Quem é o maquinista agora?”

Direita e esquerda
Ouvir a música “Dedos das mãos, dedos dos pés” (Xuxa), fazendo gestos de acordo com a letra da música.
Produzir painel onde os alunos deverão escolher a cor da tinta guache e deixar a impressão da sua mão direita e esquerda.
Em outro painel os alunos deverão escolher a cor da tinta guache e deixar a impressão de seu pé direito e esquerda.

Brincando com o corpo (Semana da Criança):
- Amarelinha
- Dança das cadeiras
- Dança da laranja
- Estourar bola (no pé / na mão do colega)
- Passando por baixo da corda
- Serra-serra serrador
Música: Meu ursinho
O meu ursinho é carinhoso
Me dá um beijo e bem gostoso
Me dá um abraço bem apertado (bis)


Me faz carinho, me faz carinho
Com a patinha alisa meu rosto
Faz cafuné, faz cafuné
Coça minhas costas e depois meu pé


O meu ursinho é carinhoso
Me dá um beijo e bem gostoso
Me dá um abraço bem apertado (bis)


É uma gracinha, é uma gracinha
Mas também gosta de fazer cosquinha, cosquinha

Música: As mãozinhas (Eliana)
Palminhas, palminhas, nós vamos bater
Depois as mãozinhas, pra trás esconder
De um lado e do outro, nós vamos bater
Depois as mãozinhas, pra trás esconder


Palminhas, palminhas nós vamos bater
Depois as mãozinhas, pra trás esconder
Bem forte e bem fraco, nós vamos bater
Depois as mãozinhas, pra trás esconder


Palminha, palminha, nós vamos bater
Depois as mãozinhas pra trás esconder
Pra baixo e pra cima, nós vamos bater
Depois as mãozinhas pra trás esconder


Palminhas, palminhas, nós vamos bater
Depois as mãozinhas pra trás esconder
Pra frente e pra trás, nós vamos bater
Depois as mãozinhas pra trás esconder


Palminhas, palminhas nós vamos bater
De um lado e do outro
Bem forte e bem fraco
Pra cima e pra baixo
Pra frente e pra trás
Nós vamos bater

Música: Dedinhos (Eliana):
Polegares, polegares
Onde estão? Aqui estão.
Eles se saúdam, eles se saúdam
E se vão, e se vão.


Indicadores, indicadores
Onde estão? Aqui estão.
Eles se saúdam, eles se saúdam
E se vão, e se vão.


Dedos médios, dedos médios
Onde estão? Aqui estão.
Eles se saúdam, eles se saúdam
E se vão, e se vão.


Anulares, anulares
Onde estão? Aqui estão.
Eles se saúdam, eles se saúdam
E se vão, e se vão.


Dedos mínimos, dedos mínimos
Onde estão? Aqui estão.
Eles se saúdam, eles se saúdam
E se vão, e se vão.


Todos os dedos, todos os dedos
Onde estão? Aqui estão.
Eles se saúdam, eles se saúdam
E se vão, e se vão.

Dançando a música: Homenzinho torto (Aline Barros):
Havia um homenzinho torto
Morava numa casa torta
Andava num caminho torto
Sua vida era torta
Um dia o homenzinho torto
A bíblia encontrou
E tudo que era torto
Jesus endireitou

Dançando a música: Estátua (Xuxa):
Mão na cabeça, mão na cintura
Um pé na frente e o outro atrás
agora ninguém pode se mexer,estátua


Rodando, rodando
Braços esticados
Não pode parar continue rodando
Quero saber quem é que consegue ficar parado
A gente vai ter que rodar
Roda,roda no lugar
Ninguém aqui pode cair
e eu vou contar pra terminar
3, 2, 1, estátua!

Dançando a Música: Sem parar (Xuxa)
Bate, bate, bate as mãos, batendo sem parar.
Bate rapidinho agora...
Alongamento / relaxamento:
Fazer uma ginástica alongando a musculatura, trabalhando a respiração, relaxando o corpo.

Para relaxar - Música: Brincar de sonhar (Xuxa)
Todo mundo sentando quietinho,
todo mundo deitando no chão
Dando as mãos, vamos brincar
Ouça o seu coração
Todo mundo fechando os olhos
Todo mundo pensando em alguém
Veja agora um lindo lugar
Vamos brincar de sonhar
Quanto mais a gente imaginar
Quanto mais além
Vamos ter mais história quando acordar sonho de brincar
Quem quiser pode dar um sorriso
Quem quiser pode até encontrar
Um novo amigo nesse lugar,
feito pra gente sonhar
Vale tudo que o sonho sonha
Vale tudo que a gente quiser
Nenhuma regra existe aqui
Vamos brincar de dormir
http://leilasilva-edu.blogspot.com/
FONTE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

PENSAMENTOS

PENSAMENTOS

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."



" O nascimento do pensamento é igual ao nascimento de uma criança: tudo começa com um ato de amor. Uma semente há de ser depositada no ventre vazio. E a semente do pensamento é o sonho. Por isso os educadores, antes de serem especialistas em ferramentas do saber, deveriam ser especialistas em amor: intérpretes de sonhos."( Rubem Alves )


"As crianças têm uma sensibilidade enorme para perceber que a professora faz exatamente o contrário do que diz".( Paulo Freire )


De que adiantará um discurso sobre a alegria se o professor for um triste?"
( Artur da Távolla )


"Brincar com as crianças não é perder tempo, é ganhá-lo, se é triste ver meninos sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados enfileirados, em salas sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem.”
Carlos Drummond de Andrade



Nós mesmos sentimos que o que fazemos é uma gota no oceano.
Mas o oceano seria menor se essa gota não existisse."
(Madre Teresa de Calcutá )